Novo terremoto, de 5,2 graus de magnitude, afeta o norte da China

Pequim, 10 jun (EFE).- Um novo terremoto, de 5,2 graus na escala aberta de Richter, atingiu hoje a região chinesa da Mongólia Interior, quase um mês depois do tremor que arrasou o sudoeste do país.

EFE |

A agência de notícias "Xinhua" assinala que ainda não foi divulgada a existência de nenhuma vítima do novo terremoto.

Segundo a Rede Sismológica Nacional da China, o terremoto aconteceu às 14h05 no horário local (3h05 de Brasília), com epicentro situado na fronteira entre as divisões de Oroqen e Arong.

O birô local de sismologia assinalou anteriormente que a magnitude deste tremor havia sido de 5,1 graus.

O terremoto de hoje é um dos milhares registrados na China desde que um tremor de 8 graus de magnitude atingiu a província de Sichuan (sudoeste), deixando mais de 87 mil mortos e desaparecidos.

No entanto, a região autônoma da Mongólia Interior, atingida hoje, não é fronteiriça com Sichuan. EFE mz/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG