Novo telhado inteligente mede a temperatura e economiza energia

Cientistas desenvolveram um revestimento para telhados capaz de ler a temperatura e reagir de acordo com o clima no ambiente externo, feito do óleo usado em lanchonetes fast food.

Carla Sasso Laki, iG São Paulo |

O telhado automaticamente muda de função conforme a temperatura. Em dias quentes a cobertura reflete a luz solar, deixando o ambiente interno mais fresco e reduzindo o uso do ar-condicionado. Já em dias frios, o telhado absorve o calor e ajuda a aquecer o imóvel, diminuindo também o uso de aquecedores.

O óleo de cozinha é processado com um polímero líquido, que se endurece depois  de aplicado. Ao contrário do óleo, que pode reter cheiro de comida, o polímero resultante é praticamente inodoro. Fabricantes podem  produzi-lo em qualquer tom, dependendo dos aditivos usados, explica o pesquisador. O material também não é tóxico nem inflamável.


Imagem mostra exemplo de telhado sem a cobertura [esquerda]
e com o revestimento [direita] (Divulgação)

"Este biorrevestimento de teto pode reduzir os custos de aquecimento e refrigeração, uma vez que responde ao ambiente externo. Ele ajuda a economizar combustível e eletricidade e reduz a emissão de compostos orgânicos voláteis à base de petróleo. Além disso, dá uma nova utilização para os milhões de galões de óleo desperdiçados nos restaurantes," afirma Ben Wen, voce-presidente da United Environment & Energy, que fez a descoberta em uma pesquisa patrocinada pelo Departamento de Energia do governo norte-americano.

Os cientistas já têm provas de que os telhados pintados de branco refletem a luz solar e ajudam a esfriar os edifícios durante o verão, diminuindo o consumo de energia elétrica. Porém, esse tipo de cobertura pode diminuir o aquecimento dos prédios durante o verão, já que a cor não permite que o calor seja absorvido.

O novo telhado inteligente pode contornar isso. Testes com as telhas revestidas mostraram que a cobertura pode reduzir a temperatura entre 50 e 80% em dias quentes. Em dias mais frios, a temperatura aumentou cerca de 80%, em comparação com o telhado comum. "Embora a temperatura do telhado tenha variado apenas alguns graus, essa alteração pode fazer uma diferença grande no consumo de energia", afirma Wen.


Pintar o telhado de branco também ajuda na reflexão da luz solar, porém
não absorve o calor em dias mais frios (Imagem/Getty Images)

A cobertura pode ser aplicada a qualquer tipo de telhado. O pesquisador espera que ela dure muitos anos e que possa ser reaplicada quando desaparece. Wen acredita que o revestimento pode estar pronto para o uso comercial em cerca de três anos.

Leia mais sobre: Energia

    Leia tudo sobre: energiameio ambientetelhado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG