Novo presidente do Líbano pede diálogo e reconciliação

O Parlamento do Líbano elegeu o comandante do Exército, Michel Suleiman, como novo presidente do país neste domingo. O Líbano estava sem presidente desde novembro, por causa de um impasse entre a situação, que apóia os governos ocidentais, e a oposição, liderada pelo grupo xiita Hezbollah.

BBC Brasil |

Ao assumir, o novo presidente fez apelos pelo "recomeço de um país que acorda da auto-destruição" e por uma "nova fase de reconciliação", além de pedir "diálogo tranqüilo" nas questões mais polêmicas.

"Vamos nos unir e trabalhar por uma reconciliação sólida. Pagamos caro por nossa unidade nacional. Vamos preserva-la de mãos dadas", disse o novo presidente libanês.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG