realista - Mundo - iG" /

Novo premiê da Ucrânia quer orçamento realista

Mykola Azarov, nomeado na quinta-feira primeiro-ministro da Ucrânia, alertou que os cofres públicos estão vazios e que um orçamento realista precisará ser redefinido para 2010.

Reuters |

Falando antes da sua confirmação no Parlamento, Azarov, ex-ministro das Finanças, disse também que espera uma rápida retomada dos empréstimos dos FMI, com base nas "realidades" da Ucrânia hoje.

"O país foi saqueado, os cofres estão vazios, a dívida estatal triplicou. A principal tarefa hoje é reescrever e aprovar um orçamento realista", disse.

Disputas políticas adiaram por meses a atual versão do orçamento para 2010, redigido pelo governo da primeira-ministra Yulia Tymoshenko, que deixa o cargo após ser derrotada por Viktor Yanukovich no segundo turno da eleição presidencial, em fevereiro.

O atual orçamento prevê um déficit em torno de 4 por cento do PIB, mas as promessas populistas feitas por Yanukovich na campanha eleitoral podem ter um forte impacto na versão final da peça orçamentária.

Yanukovich promete manter o aumento salarial aprovado no ano passado pelo Parlamento, e que impediu a liberação de uma ajuda de 16,4 bilhões de dólares do FMI.

Apresentando suas propostas aos deputados, Azarov disse que seu governo fará de tudo para assegurar que os pobres não arcarão com as medidas destinadas a tirar o país da crise.

    Leia tudo sobre: ucrânia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG