Novo patriarca da Igreja Ortodoxa toma posse na Rússia

Moscou, 1 fev (EFE).- O arcebispo metropolitano de Smolensk e Kaliningrado, Kiril, tomou posse hoje como o 16º patriarca da Igreja Ortodoxa Russa (IOR) durante cerimônia realizada na Catedral de Cristo Salvador de Moscou, com as presenças do presidente russo Dmitri Medvedev e do primeiro-ministro, Vladimir Putin.

EFE |

"Axios, Axios, Axios!" (digno, em grego), cantaram as centenas de clérigos presentes no templo após a consagração de Kiril, que substitui o recentemente falecido Alexei II, que esteve à frente da Igreja desde 1990.

Seguidamente, os sinos da catedral de mármore branco construída após a queda da União Soviética por ordem do então presidente Boris Yeltsin tocaram por vários minutos para comunicar que a Igreja Ortodoxa já tinha um novo patriarca.

A chegada de Kiril ao templo, em uma limusine, foi recebida com 15 minutos de toques dos cinco sinos da catedral e o tradicional pão com sal, símbolo de boas-vindas na Rússia.

A cerimônia se prolongou por horas, o que não incomodou os milhares de fiéis que formaram fila na porta do templo, apesar dos -20ºC que congelavam Moscou.

Mais de 700 arcebispos e clérigos integrantes do Concílio Geral da IOR -entidade que elegeu Kiril na terça-feira em votação secreta- participaram da cerimônia.

A Igreja Católica foi representada pelo cardeal Walter Kasper, presidente do Conselho Pontifício para a Unidade dos Cristãos. EFE io/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG