Novo livro promete desencadear avalanche de obras sobre Obama

Washington, 2 jun (EFE).- O lançamento oficial do livro Renegade, do ex-jornalista da revista Newsweek Richard Wolffe, abriu hoje a porta para o que se espera ser uma avalanche de obras sobre o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

EFE |

Wolffe, que entrevistou Obama mais de dez vezes, analisa em sua obra o caráter do presidente com o objetivo de, segundo ele, entender melhor os fatores que o levaram à Presidência.

O diário "The Washington Post" assinala que o livro de Wolffe é comparável a "The Making of the president 1960", um clássico do jornalismo político em que Theodore White relata a chegada ao poder de John F. Kennedy (1961-1963).

Da mesma forma que White, Wolffe teve a sorte de cobrir uma campanha excepcionalmente histórica.

Um dos episódios mais interessantes se dá quando Wolffe revela que foi o próprio Obama quem o encorajou a escrever o livro.

O "Washington Post" destaca que apesar da ausência de grandes revelações o livro é claro, conciso e está bem escrito ao voltar a contar uma história que segue impressionando.

Entre os assuntos que poderiam se tornar polêmicos estão os comentários de Obama sobre o ex-presidente Bill Clinton, a quem se refere como "mentiroso descarado" e pessoa "imprevisível", segundo antecipa o "New York Post" hoje.

No lado negativo, o "Washington Post" aponta que o livro carece da riqueza de detalhes do famoso livro de White.

Espera-se que nos próximos meses saiam vários livros sobre Obama, entre eles alguns de famosos jornalistas como o repórter do "Washington Post" Bob Woodward, o correspondente da revista "New Yorker" Ryan Lizza e Mark Halperim, da revista "Time".

Diante da avalanche, a rede de livrarias Barnes & Noble decidiu recentemente destinar mesas e seções especiais às obras sobre o novo presidente americano.

Obama inspirou vários autores infantis, jornalistas, fotógrafos e documentaristas e ameaça desbancar um de seus heróis, Abraham Lincoln (1861-1865), como o presidente dos EUA sobre quem mais livros foram escritos. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG