Novo Governo libanês realiza seu primeiro Conselho de Ministros

Beirute, 16 jul (EFE).- O novo Executivo do Líbano realizou hoje seu primeiro Conselho de Ministros, durante o qual foi constituído o comitê que deve redigir o programa governamental baseado nos acordos de Taif e Doha, a pedido do presidente libanês, Michel Suleiman.

EFE |

Os 30 ministros do Governo, formado no último dia 11, tiraram a primeira foto oficial junto com Suleiman no Palácio da Presidência, cenário do encontro.

A reunião coincidiu com a troca de prisioneiros entre o grupo xiita libanês Hisbolá e Israel, que está acontecendo neste momento através da passagem fronteiriça de Ras Nakura.

O ministro da Informação libanês, Tareq Mitri, disse, após o encontro, que o presidente pediu aos titulares das pastas que trabalhem em equipe e se comprometam com as decisões do Governo.

Durante a reunião, os ministros chegaram a um acordo para a formação do comitê que deve redigir o programa de Governo, que, após finalizado, precisa receber a aprovação do Parlamento.

Suleiman disse que o programa terá como base, entre outros, os acordos de Taif (que pôs fim à guerra civil libanesa de 1975 a 1990) e de Doha (que acabou com uma crise política em 21 de maio).

Além disso, afirmou que o programa refletirá a situação econômica dos libaneses, a segurança do país e as reivindicações da sociedade.

O ministro da Informação disse também que Suleiman, na meia hora que durou o encontro, compartilhou com os titulares das pastas suas impressões durante a recente Cúpula da União pelo Mediterrâneo (UPM), em Paris.

Neste sentido, falou com os ministros sobre sua reunião com o presidente sírio, Bashar al-Assad, assim como sobre a próxima visita do ministro de Exteriores da Síria, Walid Mouallem, ao Líbano. EFE ks/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG