tolerar ações de Zelaya - Mundo - iG" /

Novo Governo de Honduras critica Nicarágua por tolerar ações de Zelaya

Tegucigalpa, 30 jul (EFE).- O chanceler do novo Governo de Honduras, Carlos López, enviou uma nota a seu colega da Nicarágua, Samuel Santos, criticando a tolerância do Executivo de Daniel Ortega sobre as ações de provocação e violência em seu território, pelo presidente hondurenho deposto, Manuel Zelaya.

EFE |

"A tolerância mostrada por seu Governo às ações de provocação e violência empreendidas do território nicaraguense pelo ex-líder hondurenho José Manuel Zelaya Rosales (...) é inadmissível e contrária às normas do Direito Internacional", acusa o documento, o qual a Efe teve acesso hoje, mas que é datado de 28 de julho.

Zelaya está, desde a semana passada, na cidade nicaraguense de Ocotal, perto da fronteira hondurenha, de onde tentou retornar a seu país e anunciou a intenção de organizar uma resistência pacífica ao Governo de Roberto Micheletti, que o substituiu após sua expulsão de Honduras pelos militares.

López denunciou na nota que o presidente deposto faz, com o consentimento de Manágua, "chamados à insurreição, organiza colunas, instala em Ocotal e Estelí acampamentos e quartéis, além de bases de operação (...) e se mobiliza com a proteção de policiais e militares desse país".

Segundo o novo chanceler hondurenho, Zelaya pretende "gerar tensões em Honduras que derivem em derramamento de sangue hondurenho e uma intervenção estrangeira maior que a que atualmente desenvolve seu Governo (da Nicarágua) juntamente com o do senhor Hugo Chávez".

EFE pa/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG