Tamanho do texto

Roma, 9 mai (EFE) - Menos da metade dos italianos, 49%, tem confiança no novo Governo do líder conservador Silvio Berlusconi, segundo uma pesquisa do Instituto IPR Marketing publicada hoje.

Com este percentual, Berlusconi fica muito longe do obtido na mesma pesquisa após a formação do Governo de Romano Prodi em 2006, que alcançou a aprovação de 63 em cada 100 italianos.

O primeiro-ministro italiano se sai melhor que o seu Gabinete e obtém o respaldo de 53% dos italianos em sua função de chefe de Governo, mas fica a cinco pontos do resultado conseguido pelo líder de centro-esquerda Romano Prodi há dois anos.

Entre os novos ministros, a mais bem vista pelos italianos é Giorgia Meloni (Políticas Juvenis), com apoio de 62%, seguida de Franco Frattini (Assuntos Exteriores), com 61%, e Roberto Maroni, responsável de Interior, com 60%.

De novo, o Executivo de Berlusconi fica longe dos resultados obtidos pelo de Prodi, já que naquela época os três ministros mais bem considerados tinham o apoio de 70 em cada 100 italianos.

Os grupos que inspiram mais confiança são Itália dos Valores, na oposição, do ex-juiz anticorrupção Antonio Di Pietro; e o Povo da Liberdade, de Berlusconi, ambos com 46% de respaldo, enquanto o principal partido da oposição, o Partido Democrata, fica com oito pontos menos. EFE ebp/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.