Novo governante do estado onde fica Mumbai prioriza segurança

Nova Délhi, 5 dez (EFE).- O governante Partido do Congresso nomeou hoje o novo primeiro-ministro do estado indiano de Maharashtra, cuja capital é Mumbai, Ashok Chavan, que assegurou que a segurança será sua prioridade máxima.

EFE |

"Ao cidadão comum não importa quem é o primeiro-ministro ou vice-primeiro-ministro. Só querem que a Administração seja forte", disse Chavan, segundo as agências indianas.

Filho do ex-titular de Interior S.B. Chavan e até agora ministro regional de Transportes, substituirá assim Vilasrao Deshmukh, que renunciou após os ataques terroristas de Mumbai, que mataram 188 pessoas.

Deshmukh foi objeto de polêmica por ter ido ao hotel Taj Mahal, um dos pontos atacados pelos terroristas, em companhia do cineasta Ram Gopal Verma e seu filho, apenas dois dias após o fim dos atentados.

"Isto é um desafio e o aceito", afirmou Chavan após o ministro de Relações Exteriores, Pranab Mukherjee, anunciar sua nomeação em Nova Délhi.

"O Governo (regional) dará todos os passos necessários para garantir a segurança do povo", insistiu.

Também se tornou público hoje o nome do novo vice-primeiro-ministro de Maharashtra, Chhagan Bhujbal, substituindoR.R. Patil, que também renunciou após os ataques terroristas.

O massacre de Mumbai, que suscitou uma onda de críticas às autoridades pela falta de segurança, causou ainda a renúncia do já questionado ministro do Interior, Shivraj Patil, à qual se seguiram as de duas máximas autoridades do estado de Maharashtra.

Hoje mesmo, o novo titular do Interior, P. Chidambaram, admitiu erros nas agências de inteligência e nas forças de segurança na hora de prevenir os ataques de Mumbai. EFE amp/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG