Novo chefe militar do Peru prioriza combate ao Sendero Luminoso

Lima, 2 jan (EFE).- O novo chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas do Peru, Francisco Contreras, afirmou hoje que o principal objetivo das instituições militares de seu país é a derrota definitiva dos remanescentes do Sendero Luminoso.

EFE |

"Para todos nós, a tarefa principal de hoje em dia é a derrota definitiva dos remanescentes do terrorismo, tanto no Vale dos rios Apurímac e Jan (Vrae), como no Huallaga ou no lugar onde se encontrem", disse o general Contreras durante cerimônia de posse em Lima.

O Vrae e o Huallaga são duas regiões de plantio de coca onde operam os membros do Sendero Luminoso que não respeitam o cessar-fogo ordenado pelo fundador da facção, Abimael Guzmán, após sua prisão em 1992.

As autoridades peruanas consideram que os remanescentes se aliaram ao narcotráfico.

Contreras, investigado pela Procuradoria junto com outros militares por suspeita de venda de combustível das Forças Armadas para proveito pessoal em 2006, também ressaltou que "a luta antiterrorista se fará com um irrestrito respeito pelos direitos humanos".

José Aste, antecessor de Contreras, reiterou que durante sua gestão, encerrada em 31 de dezembro de 2008, realizou ações para reforçar a segurança na zona do Vrae, palco, no ano passado, de sangrentas emboscadas do Sendero Luminoso contra militares. EFE watt/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG