Novo blecaute afeta Caracas e outras regiões da Venezuela

Caracas, 1 set (EFE) - O fornecimento elétrico voltou a ser interrompido hoje, durante 20 minutos, em Caracas e em outras regiões que tinham recuperado a eletricidade após um primeiro blecaute geral em quase toda a Venezuela, ocorrido às 14h (15h30 em Brasília) por uma falha no sistema de alta tensão. O presidente da Corporação Elétrica da Venezuela, Hipólito Izquierda, confirmou o novo corte do fornecimento em torno de 15h (16h30 em Brasília), em declarações à estatal Venezolana de Televisión. O diretor, que reconheceu as condições instáveis que afetam o fornecimento elétrico em Caracas e em diversas regiões do país, pediu à população calma perante a situação. Por sua vez, Gustavo González, presidente do Metrô de Caracas, informou que o serviço de transporte subterrâneo foi suspenso e que os passageiros de oito trens foram evacuados, sem problemas. Fizemos todos os desalojamentos sem qualquer inconveniente (...

EFE |

) Todo o sistema está suspenso e as estações estão fechadas", disse González.

Pouco antes do segundo blecaute, o chefe de operações dos bombeiros da capital, coronel Delio Martínez, tinha afirmado que muitas pessoas que ficaram presas em edifícios foram resgatadas sem que houvesse situações de pânico ou incidentes.

As equipes da Corporação Elétrica venezuelana estão trabalhando para levar progressivamente a normalidade a todas as zonas afetadas, tanto em Caracas quanto nas diversas cidades do país, entre elas Maracaibo e Valencia.

Fontes oficiais disseram que estão levando plantas de emergência aos centros hospitalares da capital venezuelana. EFE eb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG