Novo atentado suicida mata quatro no Paquistão

Islamabad - Pelo menos quatro pessoas morreram em um novo atentado suicida no centro do Paquistão, onde nesta sexta-feira um outro ataque, durante um funeral, já havia matado dezenas, informou a Polícia.

EFE |

O atentado aconteceu na cidade de Dera Ismail Khan, na província da Fronteira Noroeste, na qual há um forte desdobramento do Exército para controlar a violência entre sunitas e xiitas.

O terrorista detonou explosivos no interior de um carro perto do canal de Marwat e causou a morte de quatro pessoas, embora a Polícia desconheça o real alvo do ataque, segundo o canal local "Geo TV".

A cidade de Dera Ismail Khan está sob patrulha constante, para evitar que ecloda a violência sectária na região, após o atentado que causou nesta sexta-feira a morte de 30 pessoas.

A explosão de sexta-feira desencadeou uma acalorada reação da multidão, que destruiu edifícios, queimou veículos e atacou um posto de controle policial em protesto contra a negligência das forças de segurança.

Em Dera Ismail Khan, também aconteceram tiroteios até que o Exército conseguisse controlar a situação.

Segundo o relatório divulgado em janeiro passado por um centro de estudos geoestratégicos, quase oito mil pessoas morreram em 2008 em consequência da violência no Paquistão, onde aconteceram mais de dois mil atos de terrorismo.

A Província da Fronteira Noroeste é um dos principais focos de violência, local de um forte movimento fundamentalista que se apoia nas tribos pashtuns.

Leia mais sobre: atentado

    Leia tudo sobre: atentado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG