Bagdá, 15 abr (EFE).- Pelo menos 14 pessoas morreram hoje e outras 15 ficaram feridas em um atentado suicida contra um restaurante nos arredores de Ramadi, 100 quilômetros ao oeste de Bagdá, informaram fontes policiais.

As fontes disseram que um terrorista suicida lançou um carro com uma carga explosiva contra o restaurante, freqüentado por policiais e situado na zona de Khamsa Kilo, no oeste de Ramadi, capital da província de Al-Anbar.

No entanto, testemunhas disseram à Agência Efe em uma conversa por telefone que o suicida estava com um cinto de explosivos preso a seu corpo.

Vários carros estacionados fora do local também foram incendiados, acrescentaram as fontes.

O atentado de Ramadi ocorreu pouco depois que outro ataque cometido com um carro-bomba na localidade de Baquba, 150 quilômetros ao nordeste de Bagdá, deixasse 40 mortos e 80 feridos.

Ramadi é a capital da província de Al-Anbar, que no passado foi um dos redutos dos insurgentes vinculados à rede terrorista Al Qaeda, antes de estes serem expulsos pelos Conselhos de Salvação, milícias tribais sunitas que colaboram com o Exército americano e iraquiano. EFE ah/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.