Islamabad, 31 out (EFE).- Pelo menos 20 pessoas morreram hoje e dez ficaram feridas em um suposto ataque com mísseis de um avião espião americano na demarcação tribal paquistanesa do Waziristão do Norte, fronteiriça com o Afeganistão, segundo uma fonte dos serviços de inteligência citada pelo canal Dawn TV.

Dois mísseis caíram contra uma residência na localidade de Mirali e "supostamente" mataram um dirigente da rede terrorista Al Qaeda, Abu Akash, de origem iraquiana, segundo a fonte. EFE igb-amp/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.