Novo acidente em mina na China deixa pelo menos 74 mortos

Pelo menos 74 mineiros morreram em uma explosão de gás inflamável neste domingo no norte da China, no coração da principal província mineradora do país, cujas minas estão entre as mais perigosas do mundo.

AFP |

O acidente ocorreu às 02h00 (15h00 de sábado em Brasília) na província de Shanxi, anunciou a agência de notícias oficial Nova China, que divulgou um registro revisado de 74 mortos.

Um número indeterminado de mineiros - pelo menos vinte - permanecia preso neste domingo à tarde no fundo da mina de Tunlan, situada a 50 quilômetros da capital provincial, Taiyuan. Alguns deles entraram em contato com suas famílias por meio de telefones celulares.

Cerca de 436 mineiros trabalhavam no fundo da mina quando ocorreu a explosão. Mais de 300 estão sãos e salvos, indicou a Nova China.

Trata-se do acidente mais mortal desde o que custou a vida de 105 pessoas, em dezembro de 2007, após uma explosão em uma mina de Shanxi.

O presidente Hu Jintao e o primeiro-ministro Wen Jiabao exortaram os socorristas a fazerem de tudo para salvar os sobreviventes que ainda estavam presos, segundo a TV oficial.

O vice-primeiro-ministro Zhang Dejiang foi ao local para supervisionar as operações de resgate, informou a Nova China. Ele anunciou a formação de uma comissão de investigação.

A mina de Tunlan, que tem capacidade de produção anual de 5 milhões de toneladas de carvão, é administrada pelo Grupo Shanxi Jiaomei.

ph-fp/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG