As forças de segurança russas mataram oito rebeldes no Daguestão depois que outro militante foi morto na vizinha Chechênia, informaram as agências de notícias russas nesta terça-feira.

O serviço de segurança russo FSB (ex-KGB) matou oito guerrilheiros depois de emboscá-los perto de Majachkala.

Por outro lado, as autoridades da Chechênia informaram que um rebelde morreu numa operação no distrito de Urus-Martan, sul de Grozny, a capital chechena.

Estes enfrentamentos aconteceram depois que um homem matou seis pessoas e morreu num atentado suicida no domingo do lado de fora de uma sala de concertos em Grozny.

Os confrontos entre as forças governamenais e os rebeldes islamitas são frequentes na Chechenia e Daguestão, duas ex-repúblicas soviética de maioria muçulmana nas montanhas do norte do Cáucaso.

ahe-ao/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.