Nove policiais morrem em operação de resgate no Peru

Nove policiais morreram e sete estão desaparecidos depois de uma operação militar que permitiu resgatar 22 dos 38 agentes das forças da ordem sequestrados por índios no norte do Peru, informou neste sábado uma fonte policial.

AFP |

O general Miguel Hidalgo, chefe do estado-maior da polícia, que anunciou o balanço de vítimas à rádio RPP, não especificou se há mortos ou feridos do lado dos índigenas.

Esta operação inesperada aconteceu poucas horas depois de o diretor geral da polícia peruana, José Sanchez Farfan, ter anunciado que as forças da ordem estavam procurando entrar em contato com o principal líder dos sequestrados para encontrar uma solução pacífica ao conflito.

Os policiais tinham sido sequestrados na véspera por mil indígenas quando vigiavam uma estação de bombeamento de petróleo.

De acordo com a Polícia e o Ministério Público, o sequestro foi uma retaliação à operação empreendida pelas forças da ordem para liberar uma estrada da região bloqueada durante dez dias por cerca de 2.500 índios, que deixou um saldo de pelo menos 11 policiais e cinco indígenas mortos.

Pelo menos dois outros índios foram mortos a tiros em Bagua, 1.000 km ao norte de Lima, segundo fontes médicas. Saqueios e incêndios de edifícios também foram registrados em Bagua Grande, outra localidade dos arredores.

O balanço das vítimas ainda não é definitivo. Segundo a imprensa local, poderia haver até 25 mortos.

Leia mais sobre Peru

    Leia tudo sobre: peru

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG