Tamanho do texto

Uma mulher-bomba realizou um atentado diante de um tribunal de Baquba, uma das cidades mais perigosas do Iraque, matando nove pessoas, em sua maioria membros das forças de segurança, e ferindo outras 21, informaram fontes hospitalares.

Segundo testemunhas, o atentado foi cometido por uma iraquiana usando a tradicional abaia islâmica.

Mais de 30 mulheres realizaram atentados desde o início do ano no Iraque, contra apenas oito em 2007.

str-kat/cn