Nove mortos e 17 feridos em atentados suicidas no Iraque

Oito policiais e um civil morreram e outros 17 ficaram feridos nesta segunda-feira em vários atentados suicidas no Iraque, segundo o exército americano e a polícia local.

AFP |

"Oito policiais morreram num atentado com um carro-bomba em Nasser Was Salam, a oeste de Bagdá, por volta das 10H15 (07H15 GMT)", anunciou o comando americano em comunicado.

Dois soldados iraquianos e oito policiais ficaram feridos.

Pouco antes, referindo-se ao mesmo fato, uma fonte do ministério do Interior havia indicado que pelo menos três civis morreram e 31 ficaram feridos num atentado suicida com carro-bomba em Abu Ghraib, a 30 km a oeste de Bagdá.

Já em Tarmiya, 40 km ao norte de Bagdá, uma camicaze acionou o cinturão de explosivos que levava junto ao corpo matando um civil e ferindo outros três, segundo o exército americano.

Por outra parte, segundo o general Qassem Atta, porta-voz do "plano de segurança para Bagdá", o exército encontrou uma fábrica de bombas no bairro sunita de Fadel, em pleno centro da capital.

"Nos apoderamos da fábrica de bombas magnéticas e encontramos 24 já prontas, assim como 50 teleguiadas, além de deter uma pessoa já procurada", disse o general Atta à AFP.

O bairro Fadel, que durante muito tempo foi um feudo da Al-Qaeda, é controlado pela polícia atualmente.

kat/sk/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG