Nove morrem em colisão de helicóptero e pequeno avião nos EUA

NOVA YORK (Reuters) - Nove pessoas, incluindo cinco turistas italianos, morreram no sábado quando um pequeno avião e um helicóptero se chocaram sobre Nova York e caíram no rio Hudson, afirmou o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. Ele disse que cinco turistas italianos e um piloto estavam a bordo do helicóptero e três pessoas no avião, incluindo uma criança e o piloto. Dois corpos já foram resgatados, mas não há esperanças de se encontrar sobreviventes.

Reuters |

"Isso deixou de ser uma missão de resgate e virou uma missão de recuperação", afirmou Bloomberg. "Não haverá um final feliz."

Equipes de busca e de resgate foram enviadas rapidamente à área ao redor da West 14th Street em Manhattan imediatamente após a colisão aérea ao meio-dia (horário local). Mergulhadores começaram a buscar sobreviventes e destroços. O clima estava bom na hora em que o acidente ocorreu.

Bloomberg disse que o avião, um Piper Saratoga, parece ter batido na traseira do helicóptero, que imediatamente se partiu e caiu no rio. A polícia tinha encontrado um pedaço de destroço nas águas escuras e a busca por corpos e escombros deve continuar por alguns dias.

O helicóptero era operado por Liberty Helicopter, a maior operadora de helicópteros de turismo do nordeste dos EUA.

Uma testemunha disse à emissora de TV NY1 ter visto uma das asas saindo do avião no momento da colisão. O helicóptero imediatamente "caiu como uma pedra" no rio, segundo a testemunha. Outras pessoas afirmaram terem ouvido um forte estrondo.

Em janeiro, um jato da US Airways com mais de 150 pessoas a bordo caiu no rio Hudson, fora de Manhattan, após ter aparentemente sido atingido por um bando de pássaros. Todos os tripulantes sobreviveram.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG