Nove civis morreram terça-feira em Mogadiscio na explosão de obuses de morteiro disparados por soldados somalis que estavam combatendo insurgentes islâmicos, relataram testemunhas nesta quarta-feira.

"Os obuses de morteiro caíram no bairro do mercado de Bakara (o principal mercaado da capital da Somália). Pelo menos nove pessoas morreram", contou à AFP um morador, Mohamed Subow.

Um comerciante local, Mawlid Mohamed Ali, confirmou este balanço à AFP, destacando que oito civis, entre eles duas mulheres, morreram na hora, e que outro faleceu no hospital.

Pelo menos 20 pessoas feridas durante os confrontos foram transportadas para o hospital Medina, o maior da capital, informaram fontes médicas à AFP.

De acordo com as testemunhas questionadas pela AFP, os disparos de artilharia das forças governamentais foram uma retaliação a um ataque dos rebeldes no bairro K4, no sul da capital.

A Somália está em guerra civil desde 1991.

sttr/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.