A polícia somali abriu fogo nesta terça-feira em Mogadíscio para dispersar as manifestações, pelo segundo dia consecutivo, contra a alta dos preços dos alimentos.

Quase 10 mil pessoas protestavam nas ruas da capital um dia depois da morte de cinco pessoas pela polícia em uma manifestação similar.

Em um bairro da cidade, a polícia deu tiros de alerta para dispersar um grupo de manifestantes que tentava invadir os mercados.

Leia mais sobre: Somália

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.