Novas buscas de destroços de avião da Air France começam na semana que vem

Paris, 15 jul (EFE).- A França recebeu os destroços do avião da Air France, que caiu no dia 1º de junho no Atlântico, e prepara uma segunda fase de buscas submarinas, que devem começar na semana que vem e ter duração de um mês.

EFE |

O anúncio foi feito hoje pelo Escritório de Investigação e Análise (BEA, na sigla em francês), que explicou que essa nova fase contará com o navio "Pourquoi pas".

Veículos de imersão e um sonar rebocado serão utilizados, afirmou o BEA, em comunicado.

As caixas-pretas do Airbus poderiam emitir sinais até o início de julho, por isso os trabalhos de busca eram realizados principalmente por um submarino nuclear que a França tinha enviado à região do acidente.

O BEA também divulgou a chegada a Toulouse, no sul da França, dos destroços da aeronave que foram recuperados no mar e que foram levados ontem em um navio para o porto de Bordeaux, no sudoeste.

Todos os destroços serão analisados no centro de testes aeronáuticos, ligado ao Ministério da Defesa da França, sob o controle de agentes do corpo da Polícia de transporte aéreo, organismo independente do Ministério de Transportes, responsável por determinar as causas do acidente, além de investigadores do próprio BEA.

O Airbus A330 da Air France caiu no mar no dia 1º de junho, enquanto atravessava o Atlântico cobrindo a rota entre o Rio de Janeiro e Paris. Nenhum dos 228 ocupantes sobreviveu à queda. EFE ac/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG