Novartis produz primeiro lote de vacinas contra gripe suína

O grupo farmacêutico suíço Novartis produziu o primeiro lote de vacinas contra o vírus A (H1N1), que será utilizado para pesquisas clínicas, e prevê colocar o medicamento à disposição no outono (hemisfério norte, primavera no Brasil), anunciou o laboratório.

AFP |

Utilizando a produção por cultivo celular, mais rápida que a produção clássica com ovos de galinha, o laboratório suíço preparou um primeiro lote de vacinas contra a gripe A (H1N1), se antecipando em várias semanas ao calendário.

O primeiro lote de 10 litros de vacinas será utilizado em testes pré-clínicos e eventualmente clínicos, segundo um comunicado do grupo.

"A Novartis espera poder aumentar rapidamente a produção de uma vacina, com testes clínicos programados para julho e com a obtenção de uma licença para o outono", afirma a nota.

Segundo o laboratório, especializado na produção de vacinas contra a gripe sazonal, "mais de 30 governos fizeram pedidos a Novartis para que o laboratório forneça os ingredientes de uma vacina contra a gripe A (H1N1)".

A Novartis já havia recebido, no fim de maio, 289 milhões de dólares do secretaria americana da Saúde para o desenvolvimento, estudo clínico e produção da vacina.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou na quinta-feira o nível de alerta 6, o mais elevado da escala, decretando assim a primeira pandemia do século XXI pela propagação do vírus da gripe suína.

ale/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG