Novartis descarta doação de vacinas contra gripe suína a países pobres

O grupo famacêutico suíço Novartis descarta a ideia de doar vacinas contra a gripe suína aos países pobres, mas está disposto a conceder descontos, informou um dos diretores, citado pela imprensa britânica.

AFP |

"Para que a produção seja viável, devem existir incentivos financeiros", afirmou o diretor geral da Novartis, Daniel Vasella, em declarações publicadas no site do jornal Financial Times.

Vários governos já encomendaram lotes de vacinas contra a gripe suína, A(H1N1), segundo Vasella.

A Novartis recebeu no fim de maio 289 milhões de dólares da secretaria de Saúde dos Estados Unidos para garantir o desenvolvimento, os estudos clínicos e a produção de uma vacina contra a epidemia.

ale/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG