Nova Zelândia pode ter 10 estudantes com gripe suína, diz ministro

(atualiza com declarações do ministro da Saúde). Sydney (Austrália), 26 abr (EFE).- Um grupo de dez estudantes neozelandeses pode ter contraído a gripe suína durante uma viagem ao México, informou hoje o ministro da Saúde da Nova Zelândia, Tony Ryall.

EFE |

Ryall disse à imprensa local que ainda não há nenhum caso confirmado. Mas os exames preliminares aos quais os estudantes foram submetidos detectaram a presença de um vírus da gripe que contém a cepa de origem animal H1N1.

O ministro também declarou que nenhum dos dez estudantes está gravemente doente e que, aparentemente, todos estão se recuperando.

Ainda segundo Ryall, nas próximas horas serão divulgados os resultados de exames mais detalhados.

Os dez suspeitos de estarem com gripe suína fazem parte do grupo de 25 universitários e três professores que ontem foram colocados em quarentena assim que chegaram à Nova Zelândia.

O grupo, que chegou do México, foi isolado porque 13 de seus integrantes apresentaram sintomas similares aos da gripe durante a viagem de volta. Como medida de precaução, todos foram submetidos a exames.

Na Ásia e na Oceania, vários Governos entraram em alerta diante da possibilidade de o vírus da gripe suína chegarem a seus países procedente dos Estados Unidos e do México, onde a doença já matou dezenas de pessoas. EFE aus/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG