Uma nova pomada vaginal que neutraliza dois genes chaves na transmissão do vírus do herpes pode proteger as mulheres desta infecção genital, segundo um estudo publicado quarta-feira nos Estados Unidos.

A pomada, desenvolvida pelo laboratório Alnylam Pharmaceuticals Inc, protegeu os ratos contra o "simplex 2", o vírus responsável do herpes genital, destacou Deborah Palliser da Faculdade de Medicina de Harvard em Boston (Massachusetts, nordeste) e uma das autoras do estudo.

"Um microbicida vaginal capaz de proteger contra a transmissão do vírus HSV-2 (Herpes Simplex Viridae) pode ajudar notoriamente a controlar enfermidades sexualmente transmissíveis", escrevem os cientistas no trabalho publicado pela revista Cell Host and Microbe, de 22 de janeiro.

Segundo autoridades da área de saúde, um em cada cinco adultos nos EUA tem a infecção do vírus simplex 2 do herpes.

A Organização Mundial da Saúde acredita que 536 milhões de pessoas no mundo têm o vírus do herpes genital, uma doença dolorosa, muito infecciosa e incurável que pode ser fatal nos recém-nascidos.

A maioria não está consciente de sua infecção porque os sintomas são cada vez mais benignos e atribuídos a outras causas.

js/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.