nova política nuclear, que deixa aberta a opção do uso de armamento atômico contra a República Islâmica, pode receber uma resposta contundente. " / resposta contundente , diz Ahmadinejad - Mundo - iG" / nova política nuclear, que deixa aberta a opção do uso de armamento atômico contra a República Islâmica, pode receber uma resposta contundente. " /

Nova política nuclear de Obama terá resposta contundente , diz Ahmadinejad

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, advertiu nesta quarta-feira o presidente americano Barack Obama de que sua http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/04/06/obama+restringe+uso+de+armas+nucleares+pelos+eua+9450085.html target=_topnova política nuclear, que deixa aberta a opção do uso de armamento atômico contra a República Islâmica, pode receber uma resposta contundente.

AFP |

"Espero que as declarações publicadas não sejam verdadeiras. Obama ameaçou com armas nucleares e químicas os países que não se submetem aos Estados Unidos", disse Ahmadinejad em um discurso no noroeste do país, transmitido ao vivo pela televisão estatal.

AP
Mahmoud Ahmadinejad

Ahmadinejad discursa ao lado de retrato de ex-líder supremo Khomeini

"Tenha cuidado. Se seguir os passos de Bush, a resposta das nações será tão contundente como a que obteve Bush", acrescentou Ahmadinejad.

O governo dos EUA descarta utilizar armas nucleares contra países que não possuem esse tipo de arsenal, mas considera que "todas as opções estão sobre a mesa" em relação a Irã e Coreia do Norte, de acordo com uma declaração do secretário de Defesa, Robert Gates, no anúncio de terça-feira sobre a nova doutrina nuclear do governo Obama.

Nova estratégia dos EUA

Obama afirmou que a nova estratégia nuclear dos EUA é um "passo significativo" para a redução do papel de armas atômicas no mundo.

O presidente ressaltou que sua nova política nuclear sustenta a segurança nacional do país, reduzindo o papel das armas nucleares no arsenal americano, mas mantendo a pressão sobre Estados que buscam essas armas, referindo-se à Coreia do Norte e ao Irã .

"A maior ameaça aos EUA e à segurança mundial não é mais uma troca nuclear entre nações, mas o terrorismo nuclear por extremistas violentos e a proliferação nuclear em um número crescente de Estados," disse Obama em comunicado.

Leia mais sobre desarmamento nuclear

    Leia tudo sobre: acordo nuclear

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG