Nova Miss Universo diz que venceu por sua personalidade e seus valores

Nha Trang, 14 jul (EFE).- A venezuelana Dayana Mendoza, que venceu hoje o concurso de Miss Universo no Vietnã, atribuiu a conquista a sua personalidade e seus valores.

EFE |

"Cada menina tem sua personalidade. Eu tenho a minha família, meus valores, e esta é a diferença entre cada uma", disse Mendoza minutos após sua vitória.

A representante da Venezuela assegurou que em nenhum momento se sentiu a favorita para ganhar o concurso, mas admitiu que "sempre confiou na chance de vencer".

"Vou ser sincera, chorei muito. Mas agora estou mais relaxada (...) e só quero tirar os sapatos e receber uma massagem", disse a nova Miss Universo.

A representante da Venezuela disputou a final ao lado da Miss Colômbia, Taliana Vargas, que acabou em segundo lugar.

"Nós duas nos demos as mãos e rezamos juntas (...) nossos países são vizinhos, somos todos irmãos", declarou.

A Venezuela conquistou pela quinta vez o título de Miss Universo.

A última representante do país a ser coroada rainha da beleza mundial tinha sido Alicia Machado, em 1996.

A dominicana Marianne Cruz González ficou com o terceiro lugar, a russa Vera Krasova acabou em quarto, e a mexicana Elisa Nájera terminou em quinto.

A representante de El Salvador, Rebeca Moreno, foi escolhida Miss Simpatia, e a Miss Tailândia, Gavintra Photijak, ficou com o prêmio de melhor traje típico.

A Miss Brasil, a gaúcha Natália Anderle, de 23 anos, não conquistou uma das vagas entre as 15 finalistas. Na edição do Miss Universo de 2007, a mineira Natália Guimarães terminou na segunda colocação. EFE jcp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG