WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta sexta-feira a líderes da comunidade hispânica que o vírus da gripe H1N1 aparentemente não é tão virulento como se temia, mas que os EUA não estão completamente fora de risco. Quero assegurar a todos que estamos vendo que o vírus talvez não seja tão virulento como nós temíamos inicialmente, mas ainda não estamos fora de risco, disse Obama.

"Ainda temos que tomar precauções."

(Por David Alexander)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.