Nova gripe atinge mais jovens, afirmam EUA

WASHINGTON (Reuters) - Autoridades da área de saúde dos EUA afirmaram neste domingo que o novo vírus da gripe está se disseminando no país e vem afetando principalmente os jovens, com poucos casos entre as pessoas com mais de 50 anos. Poucos dos casos confirmados são em pessoas com mais de 50 anos, disse a especialista Anne Schuchat, do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos. Mas ainda não sabemos se isto vai se consolidar nas próximas semanas, acrescentou.

Reuters |

O CDC registrou 226 caso do novo vírus H1N1 e uma morte em 30 Estados norte-americanos. O surgimento da doença, conhecida como "gripe suína", teve seu epicentro no México. Autoridades mexicanas afirmaram que o surto pode estar começando a dar sinais de redução, mas ainda tentam mapear a real disseminação do vírus.

Trinta pessoas, a maioria jovens adultos e crianças mais velhas, foram hospitalizadas com a doença nos Estados Unidos, disse Schuchat. Ela acrescentou, no entanto, que ainda é cedo para autoridades sanitárias saberem a verdadeira dimensão da doença.

"Eu não creio que já estamos a salvo", disse Schuchat. "Do que eu conheço sobre a influenza, sei que haverá mais casos, mais casos graves e mais mortes."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG