O grupo americano de defesa Northrop Grumman recebeu um contrato de 1,16 bilhão de dólares para desenvolver aviões de vigilância sem piloto (drones) para a Marinha americana, revelou nesta terça-feira o Pentágono.

A Northrop informou que o novo sistema será baseado nos RQ-4N, uma versão mais avançada do Global Hawk, um drone que pode voar durante 36 horas consecutivas e vigiar uma zona de cerca de 100.000 km2 por dia.

Este sistema "fornecerá informação de vigilância", destacou o Pentágono.

Segundo o capitão Bob Dishman, trata-se do "investimento mais importante da Marinha dos Estados Unidos até hoje em sistema de aviões não-tripulados".

jm/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.