No Líbano, enviado de Obama diz que refugiados palestinos são prioridade

Beirute, 16 set (EFE).- O enviado especial dos Estados Unidos para o Oriente Médio, George Mitchell, disse hoje, em Beirute, que a questão dos refugiados palestinos é prioritária para a Administração americana e será resolvida sem prejudicar o Líbano.

EFE |

No país, vivem cerca de 400.000 palestinos que fugiram dos territórios ocupados por Israel. Quase metade deles se encontra em campos de refugiados com condições precárias.

Segundo a "Agência Nacional de Notícias" libanesa (ANN), Mitchell desembarcou em Beirute num jato procedente de Amã e imediatamente seguiu para o Palácio de Baabda, onde se reuniu com o presidente Michel Suleiman.

Na conversa com o chefe de Estado, o enviado americano também reiterou o apoio e a ajuda de seu país ao Líbano e às instituições nacionais.

Mitchell também informou o presidente libanês dos resultados de sua viagem pela região e da evolução do processo de paz no Oriente Médio.

Os dois conversaram ainda sobre visita que Suleiman fará semana que vem aos EUA, onde representará o Líbano na Assembleia Geral da ONU. EFE ks/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG