No intervalo de um ano, a construção de casas duplica nas colônias da Cisjordânia

A construção de casas nas colônias israelenses da Cisjordânia duplicou desde o início de 2008, na comparação com o mesmo período de 2007, segundo relatório publicado nesta terça-feira por um movimento israelense contrário à colonização.

AFP |

Nos primeiros cinco meses do ano, 433 casas estavam sendo construídas nas colônias israelenses, contra 240 no mesmo período de 2007, indicou o relatório da organização pacifista israelense "A Paz Agora", que cita dados oficiais do Escritório Central de Estatísticas israelenses.

O ministério israelense da Habitação financia 64% dessas casas.

De acordo com investigações realizadas por esta organização, com ajuda de fotografias aéreas e visitas aos territórios, cerca de 2.600 casas estão em construção.

Mais da metade (55%) ficam a leste do muro de separação, ou seja, fora dos grandes blocos de colônias que Israel pretende anexar conforme prevê o acordo de paz com os palestinos.

De acordo com o documento, desde o início deste ano, foram registrados 417 pedidos de licitação para a construção de casas nas colônias da Cisjordânia o que representa um aumento de 550% em relação a 2007.

Em Jerusalém, a quantidade de pedidos de licitação se multiplicou por 38, elevando o número de casas a 1.761, contra 46 em 2007.

O "mapa do caminho", um plano internacional lançado em 2003 e aceito por Israel e pelos palestinos, prevê o fim da violência e o congelamento da colonização nos territórios palestinos e em Jerusalém leste.

jlr/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG