Nikolic, o ultranacionalista que quer mudar a Sérvia

Belgrado - O ultranacionalista Tomislav Nikolic, um dos fundadores do Partido Radical Sérvio (SRS) e ex-aliado do ex-presidente autoritário Slobodan Milosevic, pede voto para sua legenda nas eleições parlamentares de amanhã para mudar o país.

EFE |

Nikolic define como sua "prioridade absoluta" preservar o Kosovo e rejeitar a entrada da Sérvia na União Européia (UE), perante o respaldo comunitário à independência da província sérvia.

Além disso, o populista de 55 anos se apresenta como o "defensor dos perdedores" da transição econômica na Sérvia.

Nikolic lidera o opositor SRS desde fevereiro de 2003, quando o então líder do partido, Vojislav Seselj, se entregou à Justiça internacional após ser acusado de crimes de guerra supostamente cometidos na Croácia, Bósnia e Sérvia.

O ultranacionalista afirmar que se o SRS chegar ao poder "ninguém perseguirá Ratko Mladic e Radovan Karadzic (supostos criminosos de guerra)".

"Após a decisão do TPII de absolver Ramush Haradinaj (ex-comandante guerrilheiro albano-kosovar), já não há foragidos na Sérvia acusados por essa corte", afirmou.

Alguns analistas consideram que Nikolic sempre foi "o cérebro" do SRS, mas durante muito tempo se manteve em segundo plano e deixou a liderança para Seselj.

Também afirmam que ele é mais perigoso como rival político que Seselj, porque, ao contrário deste orador desmedido, cuida do que diz e "se faz passar por pacifista e moderado".

Aparelhador de profissão, Nikolic trabalhou em várias empresas de construção antes de fundar, junto com Seselj, o SRS em 1991, e desde então foi deputado em várias legislaturas.

Em 1998 - quando o SRS se aliou aos socialistas de Milosevic -, Nikolic se tornou um dos vice-primeiro-ministros, e em 1999 passou a ocupar o mesmo cargo no Executivo federal da Iugoslávia.

Em maio do ano passado, ocupou durante cinco dias a Presidência do Parlamento, cargo ao qual foi indicado pelo primeiro-ministro Vojislav Kostunica, mas teve de renunciar após as pressões das forças reformistas e da comunidade internacional.

Casado, pai de dois filhos e avô de vários netos, Nikolic assegura ser um fã do teatro.

Quando está em sua casa em Kragujevac, cerca de 150 quilômetros ao sudeste de Belgrado, gosta destilar uma aguardente de maçã muito apreciada por seus amigos.

Leia mais sobre: Sérvia

    Leia tudo sobre: sérvia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG