tentativa de ataque contra um avião que pousou na última sexta-feira em Detroit indicam que o seu autor, um nigeriano que diz ter vínculos com a Al-Qaeda, atuou sozinho. " / tentativa de ataque contra um avião que pousou na última sexta-feira em Detroit indicam que o seu autor, um nigeriano que diz ter vínculos com a Al-Qaeda, atuou sozinho. " /

Nigeriano que atentou contra avião agia sozinho, indicam investigações

WASHINGTON - As primeiras investigações sobre a http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/12/26/casa+branca+vincula+incidente+do+aviao+a+ato+terrorista+9256606.html target=_toptentativa de ataque contra um avião que pousou na última sexta-feira em Detroit indicam que o seu autor, um nigeriano que diz ter vínculos com a Al-Qaeda, atuou sozinho.

iG São Paulo |

As análises feitas pelo órgão apontam ainda que o dispositivo utilizado pelo homem continha "um potente explosivo". Segundo a rede CNN, a bomba levava restos de PETN (tetranitrato de pentaeritritol), também conhecido como pentrita.

Segundo a imprensa local, o homem, de 23 anos e identificado como Umar Farouk Abdulmutallab, está colaborando com a investigação do FBI (polícia federal americana).

Segundo os investigadores, o suspeito atuou sozinho e não tem conexões formais com grupos terroristas organizados. Funcionários do governo, citados pela imprensa americana, disseram que os investigadores não têm evidências de que Abdulmutallab seja um membro da Al-Qaeda ou tenha sido treinado para executar ataques.

Por enquanto, a Casa Branca disse que considera o incidente uma tentativa de atentado terrorista .

Embora o nigeriano não apareça na lista da Agência de Segurança do Transporte dos que não podem viajar, o nome dele está incluído na relação do governo americano de suspeitos de terrorismo.

Tentaviva de atentado

O incidente ocorreu por volta do meio-dia de sexta-feira (hora local), quando um voo procedente de Amsterdã com 278 passageiros a bordo, alguns deles procedentes da Nigéria, iniciou as manobras para pousar no aeroporto de Detroit.

Abdulmutallab tentou ativar uma bomba no interior da cabine utilizando uma seringa para misturar os produtos químicos que levava. No entanto, não conseguiu concluir o processo porque alguns passageiros advertiram sobre o cheiro de queimado no interior do aparelho, avançaram sobre o nigeriano e conseguiram rendê-lo.

O voo pode aterrissar normalmente em seu destino, mas a aeronave foi desviada para uma área remota do aeroporto para ser inspecionada.

O indivíduo foi colocado à disposição da Justiça e levado para um hospital para ser tratado de queimaduras de segundo e terceiro grau.


Aeronave foi levada para área isolada do aeroporto / Reuters

O suspeito chegou a Amsterdã em um voo da KLM procedente de Lagos, na Nigéria. Na capital holandesa, ele não foi submetido a nenhuma revista adicional. Simplesmente pegou sua conexão para os EUA.

Precauções

O presidente americano, Barack Obama, que está de férias no Havaí com sua família, foi informado por telefone do incidente, e pediu que as precauções sejam extremadas em todos os voos, segundo disse seu porta-voz, Bill Burton.

Por enquanto, as autoridades americanas não decidiram elevar o alerta terrorista, que está no nível laranja, o segundo de cinco níveis.

No entanto, o Departamento de Segurança Nacional emitiu um comunicado no qual adverte que os passageiros aéreos podem observar um aumento nas medidas de controle para "melhorar a segurança nos voos domésticos e internacionais".

A porta-voz do FBI, Sandra Berchtold, confirmou que a agência iniciou uma investigação.


Policiais reforçam segurança em aeroportos dos EUA / AP

* Com EFE e AFP

Leia mais sobre terrorismo

    Leia tudo sobre: terrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG