Nigéria reforça medidas de segurança em aeroportos

Lagos, 7 jan (EFE).- A Nigéria implementou hoje novas medidas para melhorar a segurança e o controle sobre o embarque de passageiros em seus aeroportos.

EFE |

A iniciativa é uma resposta à fracassada tentativa do nigeriano Umar Farouk Abdul Mutallab de detonar explosivos durante um voo que seguia para Detroit no dia do Natal.

Depois deste episódio, os Estados Unidos incluíram a Nigéria em uma lista de 14 nações cujos cidadãos poderão ser submetidos a revistas mais rigorosas quando embarcarem ou desembarcarem no país.

O reforço das medidas de controle nos aeroportos da Nigéria foi anunciado pelo vice-presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, após uma reunião do Conselho de Segurança Nacional em Abuja, a capital do país.

De acordo com o Governo, a partir de agora todos os passageiros que usarem os aeroportos locais serão revistados e toda bagagem de mão será "exaustivamente inspecionada" para que não passem elementos que possam representar uma ameaça para a segurança dos passageiros, das tripulações e das instalações aeroportuárias.

Além disso, scanners de veículos serão instalados em todas as vias de acesso aos aeroportos nacionais, que também vão ser equipados com scanners corporais.

"Após o incidente do Natal, os nigerianos ficaram muito preocupados. Daí a reunião (do Conselho de Segurança Nacional) ter sido convocada e presidida pelo vice-presidente", disse o porta-voz de Jonathan, Ima Niboro.

Da reunião desta quinta-feira, participaram autoridades como o secretário de Governo da Federação nigeriana, Alhaji Yayale Ahmed; o ministro da Defesa, o general-de-brigada da reserva Gene Godwin Abbe, e o procurador-geral da Nação e ministro da Justiça, Michael Andoakaa. EFE da/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG