Niegriano que tentou explodir avião é transferido para prisão de Michigan

O jovem nigeriano suspeito de tentar explodir o avião da Northwest Airlines que ia de Amsterdã para Detroit na sexta-feira de Natal foi transferido de um hospital em Michigan, onde estava internado para tratar as queimaduras que tinha no corpo, para um centro de detenção federal na cidade de Milan, no mesmo estado, informou seu advogado neste domingo.

AFP |

Umar Farouk Abdulmutallab, de 25 anos, não foi autorizado a falar com ninguém desde sua prisão, na sexta-feira, informou Miriam Siefer, seu defensor, ao canal 7 de Detroit.

Abdulmutallab foi indiciado no sábado. Ele estava no centro médico da Universidade de Michigan com queimaduras de segundo e terceiro grau, resultado de sua tentativa de acionar o explosivo que trazia junto ao corpo para derrubar o avião.

O jovem nigeriano disse aos agentes de segurança americanos ter sido treinado pela rede terrorista Al Qaeda no Iêmen.

Segundo Siefer, uma audiência foi marcada para segunda-feira em uma corte distrital em Detroit, onde seu cliente deverá fornecer uma amostra de DNA.

fgf/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG