Nicole Kidman recebe prêmio por luta em favor de direitos da mulher

Nova York, 10 nov (EFE) - A revista Glamour entregou hoje seu prêmio de Mulher do Ano à atriz australiana Nicole Kidman por sua luta em favor dos direitos da mulher como embaixadora de boa vontade do Fundo da ONU para o Desenvolvimento da Mulher (Unifem).

EFE |

A agência das Nações Unidas destacou em comunicado que, desde que foi nomeada, em 2006, a atriz desenvolveu um intenso trabalho de conscientização para a persistente violação dos direitos sofrida pelas mulheres em boa parte do mundo.

Nicole é a porta-voz da campanha "Diga não à violência contra a mulher", que faz parte da estratégia da ONU para erradicar a violência de gênero.

"Quero incentivar as pessoas de todas as nações a que se unam a nosso apelo para pôr fim à violência contra a mulher", disse a atriz no comunicado.

Ela pediu para convidar "amigos e colegas" para aderirem à campanha do Unifem e se informar de seu conteúdo.

"Quanto mais gente aderir e mostrar seu apoio, mais forte se torna nossa causa e mostramos às sobreviventes da violência ao redor do mundo que podem contar conosco", acrescentou.

Em um ano a campanha reuniu 500 mil assinaturas, entre elas as de mais de 50 dignatários e de 200 ONGs.

Nicole será a encarregada de apresentar todas as assinaturas ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, em 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres.

"É uma honra que Nicole Kidman seja nossa embaixadora de boa vontade e gostaríamos de lhe agradecer pelo compromisso e bom trabalho", apontou a diretora do Unifem, Inés Alberdi.

A ONU considera que a violência de gênero é "provavelmente a violação de direitos humanos mais onipresente" atualmente no mundo, ao afetar uma em cada três mulheres. EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG