Nicolas Cage terá 3 de suas mansões leiloadas

Los Angeles (EUA.), 8 abr (EFE).

EFE |

- O ator americano Nicolas Cage, que atravessa sérios problemas financeiros, tem que enfrentar agora o embargo de três de suas luxuosas mansões em Malibu e Bel Air (Los Angeles), decretado nesta semana, segundo informou hoje o site "TMZ".

As propriedades, que foram parar nas mãos dos bancos devido à incapacidade do ator para responder por suas hipotecas multimilionárias, serão leiloadas na quarta-feira, mas ainda não foram registrados lances.

A oferta inicial pela casa em Bel Air foi de US$ 11 milhões, enquanto as em Malibu foram colocadas à venda em bloco por um preço de saída de US$ 10 milhões.

Cage tinha pendente uma dívida de quase US$ 9 milhões por suas propriedades em Malibu e de US$ 17 milhões pela mansão de Bel Air.

No começo do ano, o ator teve que vender outra luxuosa residência em Las Vegas, estimada em US$ 4,95 milhões, ou US$ 3,5 milhões mais barata que quando a comprou em 2006.

Cage, que contraiu uma dívida superior a US$10 milhões por falta de pagamento de impostos, já sofreu vários embargos por não poder fazer frente às hipotecas, entre elas duas casas que tinha em Nova Orleans, estimadas em um valor de US$ 6,8 milhões.

No entanto, a ator culpa seu ex-administrador de bens Samuel Levin, pela má gestão da situação, que trabalhava pra ele desde 2001.

Levin se defendeu e chamou Cage de "esbanjador" e exigiu US$ 129 mil por pagamentos atrasados por seu trabalho. EFE fmx/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG