Nicarágua pede remédios contra aids ao Brasil

Manágua, 29 set (EFE).- O Ministério da Saúde da Nicarágua (Minsa) informou hoje que tenta conseguir através do Brasil antivirais contra a aids, pois há escassez no país.

EFE |

"Estamos fazendo contatos com o Brasil para que nos entreguem 200 tratamentos efetivos para combater a doença e assim garantir em mulheres grávidas e crianças o antiviral, pois estamos desabastecidos", explicou à imprensa o secretário-geral do Minsa, Enrique Beteta.

A entrega dos remédios é fruto de um acordo entre ambos os países que garante anualmente 200 tratamentos para resistir aos efeitos da doença em mulheres grávidas e crianças.

Beteta afirmou também que será feita uma "troca" de remédios com El Salvador, mas não especificou quantidades. EFE egr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG