Nicarágua oferece ajuda para transferência de corpos carbonizados

Manágua, 10 nov (EFE).- O Governo da Nicarágua ofereceu hoje colaboração às famílias dos 15 nicaragüenses cujos corpos foram encontrados no sábado carbonizados no interior de um ônibus em uma zona rural da Guatemala para repatriar seus restos.

EFE |

Em comunicado, a porta-voz do Governo de Manágua, a primeira-dama, Rosario Murillo, informou que o presidente nicaragüense, Daniel Ortega, entrou em contato por telefone com seu colega guatemalteco, Álvaro Colom, para facilitar os trâmites da repatriação dos corpos.

Rosaria acrescentou que o Governo nicaragüense expressou profundas mostras de pesar e de carinho aos familiares das vítimas deste lamentável fato e disse que a Chancelaria de Manágua realiza os trâmites necessários para apoiar a transferência dos restos mortais.

O ministro guatemalteco de Governo (Interior), Francisco Jiménez, responsabilizou grupos do crime organizado pela morte dos nicaragüenses e de um holandês no incidente.

"Isto não é uma expressão da delinqüência comum. A magnitude desta situação faz-nos afirmar que é um tema do crime organizado", disse Jiménez em entrevista coletiva. EFE fm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG