Nicarágua nega mobilização de tropas na fronteira com Honduras

A Nicarágua não mobilizou tropas na fronteira com Honduras devido à intensificação da crise política nesse país após o retorno do presidente deposto Manuel Zelaya, declarou nesta quarta-feira o chefe do Exército nicaraguense, general Omar Hallesleven.

AFP |

O presidente Daniel Ortega "foi enfático e o comando militar da Nicarágua foi claro e preciso em confirmar que esta instituição não destacou nem um só homem nem uma pequena unidade para a fronteira com Honduras, nem sequer para resolver assuntos internos nossos", indicou Hallesleven.

A instrução para as unidades militares da Nicarágua é de "normalidade (...) com os mesmos postos, a mesma quantidade de homens que havia antes do início desta situação em Honduras", disse o chefe militar à imprensa após um ato oficial.

A única orientação que os militares na fronteira receberam é a de "permanecer vigilante para tudo o que for relativo à segurança interna do país".

jr/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG