Nicarágua confirma 20 casos da gripe

Manágua, 6 jun (EFE).- O ministro da Saúde nicaraguense, Guillermo González, informou hoje que o número de pessoas infectadas com a gripe suína aumentou para 20, após a confirmação de outros dois novos contágios.

EFE |

González disse hoje a uma emissora de televisão que foram detectados dois casos novos: uma pessoa adulta e uma menina, sobre os quais não ofereceu mais dados, e, portanto, "o país tem 20 casos" de infectados com a gripe suína.

O ministro disse que as autoridades sanitárias do país examinaram, até o momento, mais de 350 a mostras de pessoas que estiveram em contato com casos positivos.

Acrescentou que as pessoas infectadas pelo vírus A (H1N1) se encontram "estáveis e tranqüilas, após terem sido isoladas em suas casas, onde foram tomadas medidas, estão sendo medicadas e acompanhadas diariamente".

Além disso, precisou que o pessoal do ministério também está atento para saber como estão os parentes dos contagiados, como parte das medidas de controle destinadas a cercar o foco epidêmico e evitar mortes.

O primeiro caso da gripe suína na Nicarágua, em uma menina de 5 anos, aconteceu na segunda-feira na zona ocidental de Manágua.

Na quarta-feira, foram detectados outros quatro casos, na quinta-feira, seis, e ontem, sexta-feira, foram sete, a maioria no setor ocidental de Manágua.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE fm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG