Nicarágua barra entrada de Micheletti

O ex-presidente de fato de Honduras, Roberto Micheletti, denunciou neste domingo que o governo de Daniel Ortega impediu sua entrada na Nicarágua, onde deveria participar de um ato como vice-presidente da Internacional Liberal.

AFP |

O ex-chefe de Estado assumiu o poder em 28 de junho, após a deposição de Manuel Zelaya, e transmitiu o cargo em 27 de janeiro a Porfirio Lobo, vencedor das eleições presidenciais hondurenhas.

"Infelizmente o governo do senhor Ortega enviou, através da senhora Maria Antonieta Noboa, que é diretora de Imigração da República da Nicarágua" uma ordem segundo a qual "não posso entrar no país", afirmou Micheletti.

Ele explicou que pretendia, na Nicarágua, "falar com diferentes facções que o Partido Liberal tem para poder uni-las com a intenção de ter a chance" de vencer as próximas eleições.

"Não temos nenhum crime que possam nos apontar (...). No entanto, respeitamos isto" e "não vamos viajar, respeitando a lei dos nicaraguenses", destacou.

nl/vel/mvv

    Leia tudo sobre: nicarágua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG