Nicanor Duarte renuncia à Presidência do Paraguai para assumir posto de senador

BRASÍLIA - A pouco menos de dois meses da posse de Fernando Lugo, o atual presidente do Paraguai, Nicanor Duarte, anunciou hoje (23) que renuncia ao cargo, a fim de estar habilitado pelo Congresso para assumir o mandato de senador, cargo para o qual foi eleito em abril pelo Partido Colorado.

Valor Online |

A partir deste momento já não sou o chefe de Estado, disse Duarte, ao sair do gabinete do presidente do Congresso, o senador de oposição Miguel Abdón Saguier, de acordo com a agência argentina Télam.

O vice-presidente, Francisco Oviedo, mostrou-se disposto a assumir o cargo até a posse de Lugo, em 15 de agosto. Até pouco dias atrás, Nicanor Duarte se recusava a renunciar em favor de seu sucessor.

Representantes do Poder Legislativo informaram que a nota da renúncia foi apresentada pelo próprio Duarte na sede do Congresso. Deputados e senadores devem se reunir amanhã (24), em sessão plenária, para votar a aceitação da renúncia.

Parte da oposição no Congresso e alguns parlamentares do Partido Colorado já anunciaram que não vão comparecer à sessão. Isso para evitar que se chegue ao quórum mínimo para votação, o que obrigaria Duarte a cumprir o mandato até agosto.

Em solidariedade a Nicanor Duarte, o ministro de Obras Públicas, Roberto González, e a diretora de Comunicações da Presidência, Alicia Brítez, também renunciaram.

(Agência Brasil )

    Leia tudo sobre: paraguai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG