New York Times rejeita artigo de McCain sobre Iraque

WASHINGTON (Reuters) - A campanha presidencial de John McCain disse nesta segunda-feira que um artigo de opinião do candidato republicano sobre o Iraque, oferecido ao New York Times como réplica ao candidato democrata Barack Obama, foi rejeitado pelo jornal. A campanha de McCain havia submetido o artigo ao Times como resposta a um texto de autoria de Obama publicado pelo jornal na semana passada.

Reuters |

O artigo 'Meu plano para o Iraque' havia detalhado a meta de Obama de retirar as tropas norte-americanas do Iraque em 16 meses, se for eleito no dia 4 de novembro.

O artigo de McCain era basicamente uma crítica à posição de Obama, argumentando contra o estabelecimento de um calendário para a retirada das tropas dos Estados Unidos do Iraque.

McCain está tentando certificar que sua voz seja ouvida enquanto o foco está em Obama por sua visita a Afeganistão, Iraque, Oriente Médio e Europa nesta semana.

'Em oito visitas ao Iraque, eu ouvi muitas vezes de nossas tropas que o Major General Jeffrey Hammond, comandante das forças de coalisão em Bagdá, recentemente disse que deixar o Iraque com um calendário estabelecido seria 'muito perigoso'', escreveu McCain.

Um e-mail enviado à equipe de McCain por um editor do New York Times disse que seria ótimo ter um artigo de McCain, mas que o enviado não seria aceito como estava escrito, e que uma nova versão deveria articular como McCain define a vitória no Iraque.

A campanha de McCain, que sente que o republicano não recebe o mesmo tratamento que Obama na imprensa norte-americana, expressou desânimo sobre a decisão do Times e suspeitou que o jornal a havia tomado por não concordar com as políticas de McCain.

'John McCain acredita que a vitória no Iraque deve ser baseada nas condições locais, e não em cronogramas arbitrários.

Diferentemente de Barack Obama, esta posição não irá mudar baseada em política ou nas exigências do New York Times', disse o porta-voz da campanha de McCain Tucker Bounds.

O New York Times disse que era um procedimento padrão ter 'um artigo de um autor com sua opinião' e que estava ansioso para publicar o ponto de vista de McCain.

'Nós já publicamos ao menos sete artigos opinativos editoriais do senador McCain desde 1996. O New York Times endossou o senador McCain como candidato republicano nas prévias presidenciais. Levamos suas opiniões a sério', disse uma nota da porta-voz do Times Catherine Mathis.

(Reportagem de Steve Holland e Robert MacMillan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG