New York Times e sindicatos negociam futuro do Boston Globe

Washington, 3 mai (EFE).- Os sindicatos do Boston Globe e representantes do grupo editorial New York Times Co.

EFE |

, tentam chegar a um acordo que permita salvar o jornal do fechamento.

O grupo editorial nova-iorquino deu na sexta-feira aos sindicatos um dia mais para chegar a um acordo, perante os avanços registrados nas negociações.

No entanto, a poucas horas de expirar o novo prazo, o New York Times Co. ainda não conseguiu fechar o acordo com nenhum dos quatro sindicatos majoritários do Boston Globe, segundo informou o próprio periódico em sua edição digital.

O grupo editorial ameaçou fechar essa frente se os sindicatos não aceitarem concessões que gerem uma economia de US$ 20 milhões para poder mantê-la.

O "Boston Globe", um jornal com 137 anos de história, perdeu em 2008 mais de US$ 50 milhões e este ano as previsões apontam para uma perda de US$ 85 milhões se os custos não foram reduzidos significativamente, segundo o New York Times Co.

Representantes dos sindicatos disseram que já fizeram ou estão a ponto de fazer as concessões exigidas pelo grupo editorial, mas as negociações se estagnaram porque os negociadores do New York Times Co querem mudar parte do texto do acordo.

Os funcionários que não têm afiliação sindical no "Globe" e no New York Times Co. aceitaram fazer várias semanas de cortes em seus salários. A empresa pediu aos trabalhadores com afiliação sindical que façam o mesmo. EFE cae/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG