Nevoeiro ajuda a controlar um incêndio em área próxima ao Vale do Silício

Los Angeles (EUA.), 23 mai (EFE).

EFE |

- O nevoeiro e a diminuição dos ventos permitiram hoje aos bombeiros avançar na extinção de um incêndio iniciado na quinta-feira na Califórnia (EUA), que obrigou a retirada de centenas de pessoas em uma área montanhosa próxima ao Vale do Silício.

As chamas arrasaram até o momento mais de 1.250 hectares em uma área agreste de matagal entre os condados de Santa Clara e Santa Cruz, este último declarado em situação de emergência pelo governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, informaram as autoridades.

A mudança das condições meteorológicas, depois dos ventos de mais de 60 km/h que castigaram a zona na quinta-feira, facilitou as tarefas de extinção e permitiu aos bombeiros ter sob controle 20% do fogo na manhã de hoje.

O incêndio queimou até o momento 12 prédios e forçou a evacuação de 300 pessoas, enquanto as autoridades estenderam a recomendação para o despejo voluntário para 1.400 casas em uma área com pouca densidade de população.

Cerca de 500 bombeiros lutam contra as chamas desde ontem, apoiados por aviões-cisterna e helicópteros para conter seu perigoso avanço.

Segundo estimativas oficiais, a superfície queimada poderia ter chegado a 4.000 hectares se o vento não tivesse parado.

Não foi registrado nenhum ferido por causa do incêndio, que é investigado para que sua origem seja esclarecida.

O fogo foi detectado por volta das 5h30 (9h30 de Brasília) da quinta-feira e se espalhou com rapidez pela formação montanhosa compartilhada pelos condados de Santa Cruz e Santa Clara, próxima à região de empresas de alta tecnologia do Vale do Silício. EFE fmx/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG